Inauguração On Byte Pacajá/PA

Em 12 de maio foi inaugurada a primeira unidade da On Byte no Pará. A escola chegou à cidade de Pacajá para oferecer cursos de capacitação para todas as faixas etárias, além de cursos kids, com horários flexíveis, aulas interativas e sempre com um computador por aluno.

“Sempre tive o sonho de ter minha própria escola, ser dono do meu próprio negócio, acredito que dessa forma vou proporcionar o melhor para minha família. O nascimento da minha filha me deu coragem para tirar a ideia do papel”, afirma Jhonatas Borges, que é formado em Matemática e está cursando especialização em Gestão Escolar. Ele comandará a escola junto com sua esposa, Hellen Patrícia, que está cursando Gestão Financeira. Ambos possuem experiência na área, já que atuam, respectivamente, na área pedagógica e na secretaria de uma escola de cursos técnicos.

Indicativo do preparo e da preocupação da franqueadora para com os novos investidores é o trabalho de captação de alunos feito pela franqueadora ainda durante a implantação da escola. Desta maneira, o franqueado atinge seu “ponto de equilíbrio” já na inauguração da unidade. Consultores
da On Byte cuidam para que ao menos 100 alunos estejam matriculados no primeiro dia de funcionamento, garantindo que o franqueado utilize menos capital de giro no início dos trabalhos.

“Fizemos várias pesquisas para ver quais as melhores marcas do mercado e o que ofereciam, desde o início percebemos que a On Byte é referência na área com vários prêmios. Analisamos a proposta, o portfólio de cursos e o sistema de administração, tudo muito completo. Precisávamos de uma marca forte, com muita experiência de mercado e que oferecesse um ótimo know-how, acredito que oferecer cursos de qualidade no nível profissionalizante a um valor acessível será de extrema importância. Tudo isso tenho na On Byte, conta Borges.

A unidade funciona de segunda a sexta, das 8h às 22h, e aos sábados, das 8h às 12, na avenida Juscelino Kubitscheck, 70, no centro de Pacajá. “Resido próximo à Pacajá, percebi que a cidade
poderia ser um ótimo mercado na área educacional, haja vista ser uma cidade onde faltam instituições de nível superior. Observando a concorrência da cidade e a demanda local, achei que
seria excelente também oferecer cursos profissionalizantes”, finaliza o franqueado.

.